Quem sou eu

Sou jornalista, escritora, pesquisadora, documentarista, empreendedora e mãe.

Autora do livro “Kaddish – Prece por uma desaparecida”, lançado pela Editora Letramento. É a biografia de Ana Rosa Kucinski, desaparecida política da ditadura militar.

Mestrado na Área de Ciências da Comunicação pela UMESP e doutorado em Teoria da Comunicação pela ECA – USP. Minha principal área de pesquisa é sobre livros, cultura e repressão durante a Ditadura Militar.  (aqui meu currículo lattes).

Meu trabalho como pesquisadora e como escritora se baseia, quase que exclusivamente, na questão da memória. Como a construção coletiva da história, através das testemunhas e objetos testemunhais, afetam nossa relação com o presente. A identidade (individual e coletiva) se alimenta da memória. Por isso é essencial trabalhar de forma que a memória coletiva sirva para a libertação das mulheres e dos homens.

Produzi e dirigi o documentário “CORATIO” – sobre a violência de Estado do tempo da ditadura até os dias de hoje. O filme foi financiado coletivamente pelo Catarse e está disponível na Plataforma VideoCamp e no Vimeo.

Sou jurada do Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco de Direitos Humanos, ligado ao Prêmio de Direitos Humanos Vladimir Herzog.

Trabalhei por 12 anos na TV Globo São Paulo, como produtora e editora, especialmente no Globo Natureza, Globo Amazônia e Globo Rural. Fiz reportagens e escrevi para a Pública – Agência de Jornalismo Investigativo, Revista Época, Diário do Grande ABC, UOL, Cientista que Virou Mãe, entre outros. Ganhei seis prêmios de jornalismo pelas reportagens produzidas.

Sou mãe da Tarsila e do Ernesto.

Feminista interseccional. Antirracista. Ativista dos Direitos Humanos. Entusiasta da Escola Pública de Qualidade. Acredito que o Amor é revolução.